quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Os Emirados Árabes Unidos têm agora um Ministro da Felicidade


Na segunda-feira á noite, o xeique Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, primeiro ministro dos Emirados Árabes Unidos e governante de Dubai anunciou uma reestruturação do governo .
Preocupado com as questões sobre a felicidade e embora não haja uma resposta absoluta como a alcançar, Mohammed é o primeiro a levar esta questão bem a sério e quer "implementar políticas e planos para alcançar uma sociedade mais feliz ".


Assim, ele criou um novo Ministério : o da Felicidade. E um novo cargo , o do Ministro da felicidade e elegeu para tal função inédita , Ohoud-Al-Roumi, que é também,secretária geral do gabinete do primeiro-ministro :


O objectivo desta ideia inovadora é levar mais alegria ao País. No seu Twitter, o líder escreveu  para os seus 5,58 milhões de seguidores : "Felicidade nacional, não é um desejo. Planos, projectos, programas, índices vão alimentar o trabalho dos nossos ministérios para alcançarmos a felicidade."

Ele acrescentou ainda que " o Ministro de Estado para a felicidade vai alinhar e dirigir a politica do governo para criar o bem social e a satisfação." Ele quer tornar o Dubai numa das 10 cidades mais felizes do mundo nos próximos 10 anos. Inspirado por Butão, o país da felicidade na Ásia que ocupa o 10º lugar no ranking da felicidade.

Mohammed vai também criar o Ministério da Tolerãncia , para promover a tolerãncia como um valor fundamental dos EAU ,um país com grande variedade de religiões e etnias. Este vai ser liderado também por uma mulher, a ex-ministra da Cooperação Internacional e do desenvolvimento, Loubna al-Qassimi..
Vai ser criado, ainda, o Ministério da Juventude,liderado por uma diplomara de 22 anos, Chemma al-Mazroumi.
Também um Conselho de cientistas e um Ministério das Alterações Climáticas e Ambiente, para lidar com estes problemas . Este último , tem muito a ver com a visita de Barak Obama a este país e que mostrou ao líder dos EAU a importãncia desse assunto- as alterações climáticas e a responsabilidade de cada governo em criar medidas para as travar .

Pois , porque felicidade no mundo precisa-se !! Que essa ideia chegue a todos os países e que interajam entre todos para o seu alcance . A união faz a força !
 Bixxxous !!!